China prende mais de mil pessoas em operação contra criptomoedas

Share on whatsapp
WhatsApp
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn

Autoridades na China ampliaram a campanha contra as criptomoedas, nesta quarta-feira (9), com a prisão de mais de 1,1 mil pessoas por suspeita de lavagem de dinheiro.

Os chineses também determinaram o fechamento de minas de ativos digitais numa província no oeste do território chinês. 

A operação incluiu 23 províncias e atingiu mais de 170 grupos supostamente envolvidos em negociações com criptomoedas para lavar dinheiro obtido por meio de fraudes.

A informação foi divulgada em um comunicado do Ministério da Segurança Pública.

De acordo com os chineses, os suspeitos repetidamente converteram as moedas digitais em outras, com o objetivo de tentar encobrir seus ataques.