18 meses de prisão por tapa na cara de Macron

Share on whatsapp
WhatsApp
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn

O homem que agrediu o presidente Emmanuel Macron, na última terça-feira (8), com um tapa no rosto foi condenado a 18 meses de prisão pela Justiça da França.

A condenação atende a um pedido do Ministério Público da França.

De acordo com um representante do órgão, o tapa foi “absolutamente inadmissível“ e um “ato de violência deliberada”.

Apesar da pena estipulada em 18 meses, o agressor deve ficar apenas quatro preso e cumprir o resto da pena em condicional.

Em audiência pública, o homem explica que atacou Macron porque o mandatário representava tudo que estava podre na França. 

Eu acredito que o Macron representa muito bem a decadência do nosso país”, disse o agressor.